sábado, 12 de agosto de 2017

Festas de Casével_2017


Com o devido pedido de desculpas, (ai as férias!!) publicamos o(s) cartaz(es) das nossas queridas Festas de Casével-2017. Tenho-me esquecido de publicar o Cartaz "Bar-Jovem", mas desta vez não, consegui redimir-me e assim evitar as reclamações recebidas nos anos anteriores.

Estão todos convidados (é claro!) e neste segundo dia de festejos, vamos lá estar a participar na "Rota da Biodiversidade" e noutras que aprouver!!!


Um abraço a todos os casevelenses e...afins!!


sexta-feira, 7 de julho de 2017


Caminhada Noturna em Casével

Vamos todos?! Vamos ver 4 das luas de Júpiter (tem 69 satélites): Io, Ganimedes, Calisto e Europa?
Vamos observar a nossa lua com, não um, não dois, mas com 3 telescópios? Vamos ouvir as lendas que os nossos antepassados contavam sobre a Quinta do Bispo? Vamos ver morcegos e pirilampos?
Vamos saber para onde fica o Norte (a estrela Polar)? Vamos?
 Ponto de encontro: na Quinta do Bispo, na estrada que vai para Casével, vindo de Alcanena, Torres Novas, virar à esquerda na bifurcação e é a primeira Quinta do lado esquerdo (tem lá uns aviários).

domingo, 2 de abril de 2017

Mais um "Mercadinho" a não perder: 2 de Abril de 2017


Etiquetas:

domingo, 12 de março de 2017

Memórias de Casével

Ao navegar por páginas da net que retratam o espírito de iniciativa  e solidariedade comunitária dos portugueses, sem esperarem pelo Estado para fazerem "coisas", descobri a foto que se segue. Nela é retratada o trabalho voluntário de várias pessoas (várias gerações) no arranjo de uma estrada rural. Ao descobrir esta foto, veio-me à memória o que se passou directamente comigo (como criança no final dos anos 60) e com a minha família (pai) e outras pessoas/famílias que durante várias semanas, trabalharam voluntariamente no arranjo da estrada do Alqueidão até à Famalva. Uns dando a força do teu trabalho braçal ( no meu caso com uma pequenina marreta partindo e colocando pedras) outros cedendo as suas máquinas e tratores, como o patrão de meu pai na altura ( o Sr.Joaquim Casal Fole) ou conduzindo esses mesmos tratores (o meu pai-Júlio). Foram duas (ou mais) semanas de trabalho coletivo intenso, mas com um bom espírito, sem nada se receber, mas que recordo com prazer e que nunca mais me saiu da memória! Bons Velhos tempos!

Agradecia que quem tivesse experiências idênticas, as partilhasse!!

A foto que se segue não é de Casével, mas é em tudo semelhante ao que atrás descrevi.


Esta fotografia foi tirada por terras de Caminha nos finais dos anos 70.

http://memoriacomhistoria.blogspot.pt/





Etiquetas: